Colégio Horizonte

Este fórum foi criado com o intuito de ajudar os alunos durante o ano letivo.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Física 2º Ano. Apostila

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Física 2º Ano. Apostila em Dom 27 Mar 2011, 09:09

Página 24.

Exercício 5 ------ 1,4 g / cm³

Para resolver os exercícios 5, 9 , 10 e 11 você pode adotar uma tabela como essa. Visto que todos eles tratam da mistura de líquidos e questiona sobre alguma grandeza ligada a fórmula de Massa Específica, basta elaborar a tabela e Preenchê-la inicialmente com a cópia de dados fornecidos pelo problema e na seqüência a partir deles preenche-se as outras lacunas fazendo os cálculos necessários. Na tabela da imagem, temos os dados da questão 4. Usando a fórmula M = m / v , calcula-se com facilidade as massas dos dois líquidos. Para completar a ultima linha, lembre-se, que ao misturar dois líquidos de diferentes massas específicas: A massa da soma é a soma das massas, o volume da soma é a soma dos volumes, (veja no exemplo) mas a Massa Específica da soma , não é a soma das massas específicas, se faz necessário aplicar novamente a fórmula M = m / v que a gora é na verdade: M (soma) = m (soma) / v (soma). Seguem abaixo algumas orientações particulares sobre os exercícios 9, 10 e 11, bem como suas respostas.


Boa Sorte, bons estudos.

[img][/img]

Exercício 6 ------ 2,05 g / cm³

Idea Basta calcular o volume do bloco retangular (V = c.l.h), e aplicar a fórmula d = m.v

Exercício 7 ------ 2 g / cm³
Idea Levante uma hipótese para o volume da mistura e siga o enunciado.

Exercício 8 ------ 1,5 g / cm³

Exercício 9 ------ 1,5 g / cm³

Idea Use a tabela postada acima, suponha um volume qualquer para ambos os líquidos e prossiga pelo enuciado.


Exercício 10 ------ 1,33 g / cm³

Idea seguir os passos do anterior agora supodo a massa.

Exercício 11

Idea
Perceba que neste caso há duas situações distintas: Quando as massas são iguais e quando os volumes são iguais. Portanto, devemos usar a tabela duas vezes, a primeira para massas iguais e a segunda para volumes iguais.

MASSAS IGUAIS.

Suponha uma massa qualquer, igual para L1 e L2. Suponha também volumes quaisquer, um para cada líquido, jogue na tabela faça os cálculos e por fim verifique se o valor X da Massa Específica é mesmo a Média Harmônica das Massas Específicas.
A média harmônica equivale ao inverso da média aritmética dos inversos de n valores. Parece complicado, mas é bastante simples, veja o exemplo:
Média harmônica entre 2, 6 e 8. Primeiramente é necessário calcular a média aritmética dos inversos dos valores dados:

Depois, faz-se o inverso do resultado, tendo finalmente a média harmônica de 2, 6 e 8:

VEJA TAMBÉM: Média aritmética, média Aritmética ponderada e média Geométrica, em:
http://www.infoescola.com/matematica/medias-aritmetica-geometrica-harmonica/


VOLUMES IGUAIS.

Refazer o caminho de MASSAS IGUAIS , adequadamente











Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum