Colégio Horizonte

Este fórum foi criado com o intuito de ajudar os alunos durante o ano letivo.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Caderno de Atividades - Física 2º Ano - 2011

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

UMA PALAVRA INICIAL

Caros alunos,

Neste ano de 2011 diferente do que foi em 2010, todas as atividades do Caderno de Atividades (CA) deverão ser resolvidas e apresentadas ao professor. Tendo em vista que o tempo é curto não sendo possível trabalhá-las detalhadamente em sala de aula será usado este fórum para orientação das referidas atividades.

Aqui você encontrará as respostas da maioria das questões e algumas dicas de resoluções. Questões de marcar, completar ou de natureza similar cuja a resposta final exime o aluno de fazer qualquer outra ativiadade na questão não serão colocadas nesta lista. As dúvidas referentes as atividades do CA deverão ser postadas neste fórum como resposta a este tópico, os alunos que responderem à dúvidas de outros colegas receberão uma ajuda na nota bimestral da Disciplina De Física.

#######################################

ATIVIDADE 1


EXERCÍCIO 1 -Sem resposta no Fórum

EXERCÍCIO 2 -Sem resposta no Fórum

EXERCÍCIO 3 -Sem reposta no Fórum

EXERCÍCIO 4 -sem Resposta no Fórum

EXERCÍCIO 5 -a)5N b) 7N c) 10N

EXERCÍCIO 6 -FR 5N (não está em equilíbrio)

EXERCÍCIO 7 -P=5N m = 0,5 kg

EXERCÍCIO 8-a)Fx = 5Raiz de 3N Fy=5N b) Fx = 5Raiz de 2 Fy = 5 Raiz de 2
c) Fx = 5N Fy = 5 Raiz de 3
d) Mesmo resultado da letra c
e)F1x = 10 Raiz de 3 N F1y = 10N
F2x = 5 Raiz de 3 N F2y = 5N

EXERCÍCIO 9 -F1x = 5N / F1Y = 5Raiz de3 N /F2x = 5N / F2y = 5RAIZ DE 3 N
FRx = 0 / Fry = 0 / FR = 0

EXERCÍCIO 10 -a) Fx = 64N b) T=Fx=64N
c)Fy=48 N d) Q = Fy = 48N

EXERCÍCIO 11 -(Aplicar o método Poligonal, de modo a formar um triangulo retâgulo. Lembre-se que o Peso sempre fica na vertical orientao de cima para baixo o segmento BC (Representante da tração BC = TBC)fica na horizontal perpendicular à força peso e a tração AB (TAB) Forma a hipotenusa, daí é só aplicara a relação trigonométrica adequada) TAB = 12,5N TBC=7,5N.

EXERCÍCIO 12 - Sem resposta no Fórum

EXERCÍCIO 13 -P=200Raiz de 2 (pelo Teorema de Lamy, lembrando que sen 135º = sen 45º=Raiz de 2/2. E mais: trabalhe T1 com P para calcular T1 e T1 com T2 para calcular T2.)
T1 e T2 = 200N

EXERCÍCIO 14 -(Pelo Método Poligonal) (sen45º=cos45º=0,707)veja também orientações do exercício 11.
TAB ~= 283N TAC ~= 200N

EXERCÍCIO 15 -(Aplicar o Teorema de Lamy sabendo que o sen150º=Sen30º=0,5 e Sen60º(0,86)

T1=T2=2,91N

Bons Estudos! (MB)

################################################################################

ATIVIDADE 2 - ESTÁTICA DE CORPOS EXTENSOS I



EXERCÍCIO 06 - ---- a) -1 N.m b) 1N.m c) 0 N.m


EXERCÍCIO 07 b - (item b) em a = 30 N.m e em b= 25 N.m


EXERCÍCIO 08 - --- a) M1 1,25 N.m / M2= 0 N.m / M3= -1N.m
b) MR = 0,5 N;m


EXERCÍCIO 09 - --- a) 1,25 N.m b) 0 c) 2N.m d) -3N.m

EXERCÍCIO 10 ----- 100 N.m

EXERCÍCIO 11 ---- -0,4 N.m

EXERCÍCIO 12 ---- 0,5 Kg

Idea Para está em equilíbrio a soma dos momentos horários (use Sígma em vez de S) SMH, deve ser igual a soma dos momentos antihorários, gerando a seguinte equação:
SMH = SMAH
o que pode fazer a barra girar no sentido horário? Claro que é o excesso de comprimento da barra para o lado direito. A que distância o centro do centro de gravidade, está o apoio de giro nesta barra. Esta é a distância que deve multiplicar o peso total da barra no que se refere à SMH, iguale isso a SMAH lembrando que neste caso nehuma força será tida como negativa pois aqui trabalha-se com módulos.Monte o outro lado da equação e tente chegar a P= 5 Kg. (quem tende fazer girar para SAH é o peso do massor vezes a distância dele ao ponto de giro)


ATIVIDADE 3 - ESTÁTICA DE CORPOS EXTENSOS II

EXERCÍCIO 02 ---- 0,5 Kg

Idea Para cada caso é necessário calcular a FR (Força Resultante) afim de verificar o Movimento de Translação (MT) e o MR (Momento de Força Resultante) afim de determinar o movimento de Rotação. OBS. Onde aparecer S leia Sígma, ver fórmula de MR na página 14 da apostila. Siga o modelo do exercício "a".
a) (Veja a Resolução)
MOVIMENTO DE TRANSLAÇÃO:

F(para Cima)= F3 + f4
F(para Cima)= 25 + 25
F(para Cima)= 50N

F(para Baixo) = F1 + F2
F(para Baixo) = 20 + 30
F(para baixo) = 50N

Está em equilíbrio de translação

MOVIMENTO DE ROTAÇÃO:

SMH = 30 . 7 + 20 . 0
SMH = 210 + 0
SMH = 210

SMAH = 25 . 3 + 25 . 5
SMAH = 75 + 125
SMAH = 200

Não está em equilíbrio de rotação

CONCLUSÃO - NÃO ESTÁ EM EQUILÍBRIO

SIGA O MODELO E BOA SORTE (M.B)

b) Não está em equlíbrio de trasnlação

c) Está em equilíbrio (geral)

EXERCÍCIO 03 - ----------------- 14 N

Idea Para que esteja em equilíbrio de Translação, é necessário que a Soma das Forças para cima seja igual a soma das forçãs voltadas para baixo siga exmplo da questão anterior EXERCÍCIO 02 ---- 0,5 Kg

Idea Para cada caso é necessário calcular a FR (Força Resultante) afim de verificar o Movimento de Translação (MT) e o MR (Momento de Força Resultante) afim de determinar o movimento de Rotação. OBS. Onde aparecer S leia Sígma, ver fórmula de MR na página 14 da apostila. Siga o modelo do exercício "a".
a) (Veja a Resolução)

EXERCÍCIO 04 ------------- Está em eq. de rotação
Idea Basta calcular os momentos de cada um

EXERCÍCIO 05 - a) 100 KGF b)170 KGF

EXERCÍCIO 06 - ------------- X = 3m

Idea calcular o MF para "A" e "B" . de "A" à "C" temos a distância de "C" à "B" não temos colocamos "X". Igualando-se os dois momentos forma-se uma equação, é só resolvê-la que chegamos ao valor 3m


EXERCÍCIO 07 ------------- FA = 150 N

Idea FA exercida para cima age em toda a barrra, veja que o ponto de giro da viga, não é a estaca, mas apoio (pedra) da extrimidade oposta À FA, sendo assim a distância de FA é (...) Já a Força Normal exercida pelo apoio (pedra) sobre a viga descarrega-se na estaca que deve ser arrancada e não em toda a viga. Forme uma equação igualando o MFA com o MFP (Momento de força normal da pedra)

EXERCÍCIO 08- -
Idea Veja que o peso de 10 Kg = 100N passa por uma plolia fíxa transferindo seu valor integral para o fio do lado direito que puxa a barra para cima, agindo ao longo de toda a barra, daí vc. já sabe como calcular este MF pois já conhece F e d. Para completar a equaçãovc. tem 30 Kg = 300N que a uma distãncia x frá a barra ficar em equilíbrio de Rotação. Vai que dá! (M)


b]EXERCÍCIO 09 -[/b]------------ P= N ----------- TAB = 900 N

Idea Diferentemente do exercício anterior, neste há duas roldanas móveis, roldanas móveis não transferem peso integral, mas caba uma delas vai reduzindo o peso à metade, como você pode observar no desenho abaixo. Pensando de outra forma, podemos concluir que um peso x ao ser elevado por um conjunto de roldanas móveis será dividido por elevado ao número de roldanas móveis PR = P/2^R (leia: Peso resultante igual à Peso dividido por 2 elevado ao número de roldanas móveis. no caso em questão podemos PR = 2400 / 4 ---- PR = 600N , isso forma o primeiro membro da equação, o segundo deve ser formado com o Peso P e a distância que ele está do Ponto de Giro.




EXERCÍCIO 10 - ----X=0,05m


EXERCÍCIO 11 ------- FB = 300N

EXERCÍCIO 12 ------- FB =1250N

EXERCÍCIO 13 ------- FB = 25 Kgf--- FA = 15 Kgf

EXERCÍCIO 14 ------ F1 = 40N ---F2= 80N

EXERCÍCIO 15 ------ X = 0,4m


ATIVIDADE 4 - Notação Científica

EXERCÍCIO 01

Idea No caso desta questão basta seguir direitinho a lógica (regra) de operações com potências de mesma base. veja dois exemplos:

a) 2.10^3 X 4.10^5 = 8.10^8 (multiplica-se os números que acompanham as bases 2X4=8, conserva-se a base comum 10 e SOMA-SE expoentes 3 + 5 = 8.

g) (8.10^7) / (2.10^-2) = 4.10^9 (Divide-se os números que acompanham as bases um pelo outro na ordem em que aparecem 8:2 = 4, conserva-se a base comum 10 e SUBTRAI-SE OS EXPOENTES. 7 - (-2) = fazendo o jogo de sinais = 7 + 2 = 9.


EXERCÍCIO 02 - Resposta pessoal

EXERCÍCIO 03

Idea Use a tabela para conversão de Medidas Físicas, disponível em nosso Fórum, lembrando que, quando as unidades de medida estão elevadas ao quadrado um pulo que vale 10, passa a valer 10 ao quadrado, se vale 100, passa a valer 100 ao quadradoe assim sucessivamente. De modo similar se as unidades estiverem elavadas ao cubo, um pulo de 10 passa a valer 10³ = 1000, um pulo de 100 passa a valer 100³ = 1000000 e assim sucessivamente. veja alguns exemplos:

a) 5m_________ cm (veja que tudo está na primeira dimensão, trata-se de m linear e cm linear. Neste caso, seguindo a tabela, vê-se que pula-se duas casas, o equivalente a multiplicar por 10^2------------- 5.10^2 = 500 cm

d) 25 Cm^2 ____________ m^2 (como estamos na segunda dimensão temos 25 .(10^-2)^2. o primeiro quadrado (negativo) trata-se da transformação de cm para metro, negativo porque na verdade de cm para metro (do menor para o maior) divide-se. o segundo quadrado, (positivo)refere-se a segunda dimensão, formando uma potência de potência (10^2)^2, para resolver conserva-se a base e multiplica-se os expoentes ficando assim 10^-4, daí: 25 .10^-4 = 2,5 .10^-3 (Pode deixar em forma de potência)

e) 51,2m³ _________cm³ (agora estamos em 3D para ir de m para cm multiplica-se por 10^2 como trata-se da terceira dimensão forma-se a potência de Potência (10^2)3, ficado assim 51,2 . 10^6 passando para notação cinetífica 5,12.10.10^6, resultando 5,12.10^7


EXERCÍCIO 04 ---------A = 15 m^2------V=37,5m³


EXERCÍCIOS 05 e 06

Idea é só usar a tabela suparacitada.


EXERCÍCIO 07


Vou resolver esta questão para vocês de modo que sirva de exemplo para a resolução das letras i, j, k do exercício 1
Idea Como precisamos adicionar números seguidos de potências que possuem bases iguais mas expoentes diferentes, precisamos fazer com que os expoentes se tornem iguais. Vamoe então tranformar 10^3 em 10^5, ou melhor: 2,3 . 10^3 = 0,023.10^5 agora é só adicionar 1,74.10^5 + 0,023.10^5 = 1,763.10^5 (veja que depois de igualadas as bases e seus respectivos expoentes, somamos os números que antecedem as potêncais e conservamos a potência comum.)) Boa Sorte!

EXERCÍCIO 08

Idea Faltava econtrar uma das grandezas, então são elas:
GRANDEZAS-------UNIADADES NO SI
Litro---------------------- m³

mm³------------------------ m³

mm------------------------- m

Km------------------------- m




ATIVIDADE 5 -

EXERCÍCIO 01

Idea Lembrar que todo ---------- é ---------, mas nem todo --------- é ---------. Desse modo, fluido é toda substância que se encontra nas fases ---------- ou ---------.


EXERCÍCIO 02

Idea Para as tres primeiras fases basta quanto ao volume se definido ou indefinido, quando a forma se definida ou indefinida, quanto as partículas se estão proximas,muito próximas ou distantes e se tais partículas estão ou não fortemente ligadas entre si.

já para as outras três deve-se escrever os conceitos das mesmas que estão na apostila.


b]EXERCÍCIO 03[/b] 1.10³ Kg/m³

SOLUÇÃO: Sabemos que a unidade de medida de densidade no SI é Kg/m³ então basta passar de cm/m³ para Kg/m³ o que na prática basta multiplicar por 10³, m.as porque isso funciona?

tomemos como exemplo a água, cuja a densidade é 1g/cm³ ou seja 1000 kg/m³, vamos fazer uma demosntração empírica:


1 m³ equivale a um cubo de aresta de aresta igual a 1m



Se tranformarmos as arestas em cm teremos (100³ = 100 X 100 X 100), daí é facil concluir que em 1 m³ têm-se 1 000 000 cm³, ou seja: 10³cm³, como cada cm³ equivale a 1g (um grama), então temos que em 1m³ de água há 10^6g, sabendo que cad Kg tem 1000g, i.e: 10³ para tranformar qualquer quantidade de gramas em kg basta dividir por 10³, sedo assim vem:

1m³ = 10^6 / 10³ Kg

M= 10³ Kg/m³


POR FAVOR TREINE ESSA TRANSFORMAÇÃO, EXPLORE-A, ENTENDA, DEPOIS SIM FAÇA USO DELA.b]

EXERCÍCIO 04[/b]............. 6.10^2 Kg / m³

Idea Seguindo a dica da qustão anterior, um caminho possível é 0,3 Kg em gramas e proceder o c´[alculo pela fórmula de Massa específica. O resultado ficará em g/cm³, daí é só tranformar na uniadade do SI.


b]EXERCÍCIO 05[/b] -------- 2,7 . 10 ^3

b]EXERCÍCIO 06[/b]--------- 2 . 10³ Kg/m³

b]EXERCÍCIO 07[/b] -------- 1,2 . 10^5 Kg

b]EXERCÍCIO 08[/b]

a) -------------304 Kg
b)--------------2432 Kg

b]EXERCÍCIO 09[/b]------------ 0, 305 Tn

b]EXERCÍCIO 10[/b]-------------0,75 g/cm³

b]EXERCÍCIO 11[/b]-------------0,3 g/cm³

b]EXERCÍCIO 12[/b]------------ 0,48 g/cm³


ATIVIDADE 6 Pressão nos Sólidos e Fluidos -

EXERCÍCIO 01

a) 8 . 10³ cm³------------------ b) 32 Kg------------------c) 8 . 10³ Pa


EXERCÍCIO 02----------------- P = 2.10^4 Pa

EXERCÍCIO 03 -----------------P = 5.10^5 Pa

EXERCÍCIO 04------------------P = 4 .10^4 Pa

EXERCÍCIO 05------------------P = 4 . 10 ^4 Pa

EXERCÍCIO 06

Idea Primeiramte calcule a área de cada face já em m^2, ou em cm^2 e em seguida transforme em m^2. de toda forma para aplicar na fórmula de pressão você precisará das áreas em metros quadrados. Transforme tambem a massa 12 Kg em Peso e siga confiante que é bem fácil.
a)P = 6.10³ Pa..............b)P = 2.10³ Pa..............c) P = 4.10³ Pa


EXERCÍCIO 07 -------------- P = 2,5 . 10^5 Pa


EXERCÍCIO 08

Idea Primeiramte calcule o volume do barril, sabendo que o volume do cilindro é o produto da área da base pela altura, transforme a densidade em unidades do SI, i.é: Kg/m³ e siga em frente.

a) m = 1050 Kg ou 1,05 . 10³ Kg

b) P = 1,4 . 10^4 Pa

EXERCÍCIO 09 -----------------2,1.10^6 Pa

Idea Considerando que a Pt (pressão total) será Pt = Patm + Págua, Você poderá seguir dois caminhos distintos, sugiro que siga os dois, para comparar os resultados finais e ainda para perceber a estreita ligação entre essas unidades de medidas.
Primeiro Caminho: Cosidere que cada coluna de água de 10m equivale a um atm e que a que a pressão atmósférica é de 1 atm, a esta altura você já sabe a resposta da questão em atm, mas lhe é solicitada em Pa. Para fazer a transformação lembre-se que 1atm = 10^5 Pa
Segundo Caminho: Aplicar a Fórmula Pt = Patm + Págua, sendo Págua = ME.g.h (massa específica X gravidade X altura da coluna de água), ou seja: Pt = Patm + ME . g. h.


b]EXERCÍCIO 10[/b] -------------- 3,1 . 10^6 Pa

b]EXERCÍCIO 11[/b]
a)1,96 . 10^6 Pa
b)2,06 . 10^6 Pa

b]EXERCÍCIO 12 [/b]

a) Phid. sup.= 6,4 . 10³ Pa
b) Phid. fnd.= 2,0 . 10³ Pa
c) Pt. fnd = 1,094 .10^5 Pa

UM ABRAÇO A TODOS VOCÊS, QUE DEUS VOS CONCEDA A SABEDORIA NECESSÁRIA PARA QUERER APRENDER. (M.B)

ATIVIDADE 7 Pressão atmosférica e Vasos Comunicates -

Idea Meus queridos, cuidado para não complicarem o que é bem simples, nesta matéria , embora possamos resolver as questões de forma mais elaborada por meio da equação da pressão em fluidos P= Me.g.h, pode-se resolver muitos delas (da 1ª a 6ª questão) também por simplórias Regras de Três Simples. E mais: ainda que você resolva usar a equação supracitada, você não precisa se preocupar com tranformações de centímetros em metros ou g/cm³ em Kg/m³nas questões em que é solicitado apenas o nível de cada fluido em determinado ramo. De toda forma, recomendo que se faça (quando possível) por pelo menos dois camihos para comprovar a veracidade das respostas, e treinar diferentes resoluções de um mesmo problema, o que é sempre muito útil e louvável. Para que essa explanação fique melhor entendida, segue resolvida a primeira questão por três vias diferentes.

EXERCÍCIO 01

Queremos saber apanas a altura da coluna na experiência de Torriccele, caso ele tivesse feito com um líquido de desidade 6,8 g/cm³.

RESOLUÇÃO

1º CAMINHO - Modo formal completo

Se queremos saber o tamanho da coluna equivalente entre dois fluidos na mesma experiência, então devemos escrever a equação da pressão de ambos e igualá-las. Vamos nessa:

Para o Hg --------------- P = 13,6 . 10³ . 10 . 76 . 10 ^-2 ------ (Eq. I)
Para o outro fluido ----- P = 6,8 . 10³ . 10 . h----------------- (Eq. II)

Igualando-se as duas equações (colocando a Eq II no primeiro membro por conter a incógnita "h", temos:

6,8 . 10³ . 10 . h = 13,6 . 10³ . 10 . 76 . 10^-2

68. 10³h = 1033,6. 10 ^2

68. 10³h = 10336. 10

h = 10336 . 10
-------68.10^3

h = 152 . 10^-2

h = 1,52 m

2º CAMINHO - Modo Formal Simplificado

A linha de raciocínio é a mesma do caminho 1, porém como disse na observação inicial, você não precisa fazer as tais tranformaçãos, pois o que se pede não é a pressão em cada ramo, mas apenas o nível. Veja matemáticamente porque não precisamos fazer as tranformações:

Vamos tomar a iguladade das duas equações feitas no caminho 1:


6,8 . 10³ . 10 . h = 13,6 . 10³ . 10 . 76 . 10^-2

observe que em ambos os membros só ha multiplicações o que nos permite eliminar os números repetidos, vejamos:

6,8 . 10³ . 10 . h = 13,6 . 10³ . 10 . 76 . 10^-2

Para simplificar ainda mais, podemosmultiplicar 76 . 10^-2, e escrever apenas 0,76, assim a nova equação simplificada fica.


6,8h = 13,6 . 0,76

O que equivale a ter escrito m(Hg). g. h(Hg)= m(outro). g . h(outro), sem as transformações que fizemos acima e ainda podendo cortar o g que está nos dois membros.

Resolvendo a equação temos

h = 10,336
--------6,8

h = 1,52 m

3º CAMINHO - Regra de Três

Como ambos estão sujeitos a mesma gravidade e ficam na mesma unidade de medida, qual seja, metro, então as unicas grandezas em questão acabam sendo Densidade e Altura da coluna. Assim podemos escrever

----------------Densidade------Altura

Hg---------------- 13,6---------0,76

Outro fluido -------6,8-----------X

Visto que as grandezas neste caso são inversamente proporcionais, já que quanto menor a densidade, maisor a altura da coluna, consrvamos a primeira Razão, invertemos a segunda e multiplicamos em cruz.


Densidade------Altura

13,6---------------- h

6,8--------------- 0,76


6,8h = 10,336

h = 10,336
--------6,8

h = 1,52 m

É, ou não é moleza?

EXERCÍCIO 02 ---------- 112cm

Question Siga o exemplo da questão 1

EXERCÍCIO 03----------- 20 cm

Question Siga o exemplo da questão 1

EXERCÍCIO 04----------- 2,5 cm

Question Siga o exemplo da questão 1

EXERCÍCIO 05-----------4 g/cm³ ou 4 . 10³ Kg/cm³

Question Siga o exemplo da questão 1

EXERCÍCIO 06----------- 13,6 g/cm³

Question Siga o exemplo da questão 1

EXERCÍCIO 07----------- 1,9 g/cm³ ou 1,9 . 10³ Kg/cm³

Idea Forme uma equação, conforme o enunciado da questão e sua figura sugerem.[color=green]

Daqui em diante, os exercícios não são resolvidos por regra de três.

EXERCÍCIO 08------------1,31 . 10^5 Pa

Idea Equação de Pressão[/color

EXERCÍCIO 09
------------1,54 . 10^5 Pa

Idea Equação de Pressão

EXERCÍCIO 10------------1,51 . 10^5

Idea Equação de Pressão

Bons estudos!

ATIVIDADE 8 Princípio de Pascal e aplicações -

EXERCÍCIO 02 -------------- F= 300N

EXERCÍCIO 03 -------------- 1 Kg

EXERCÍCIO 04 -------------- F2 = F3 = 400

EXERCÍCIO 05 -------------- a) 5 --------b)P1 = 1.10^-4

EXERCÍCIO 06 -------------- F= 300N

EXERCÍCIO 07 -------------- F1 = 50 N

EXERCÍCIO 08 --------------a) F1 = 100N ------- b) d = 10 Cm

EXERCÍCIO 09 -------------- R1/R2 = 10

Em breve postarei a próxima atividade. Bon trabalho. Aguardo as dúvidas aqui!

ATIVIDADE 9 - Teorema de arquimedes, Força de empuxo e Flutuação -

EXERCÍCIO 03 -------------- 5N

EXERCÍCIO 04

a) ------------2N b) ---------- 2. 10^-4 m³

EXERCÍCIO 05

a) 3N
b) 3.10^-4 m³
c) 1,66 . 10³ Kg/m³

EXERCÍCIO 06

a) 40 N
b)2,5. 10³ Kg/m³

EXERCÍCIO 07 -------------- 3.10³ Kg/m³

EXERCÍCIO 08 -------------- 80 N

EXERCÍCIO 09

a) 20 N

b) 30N

EXERCÍCIO 10 --------------1,5 . 10³ Kg

EXERCÍCIO 11 --------------2.10^4 Kg

EXERCÍCIO 12 --------------0,56 g/cm³

EXERCÍCIO 13 -------------- 4N

EXERCÍCIO 14 -------------- 0,6

PERDÃO PELO ATRASO! BOM TRABALHO!


ATIVIDADE 10 Princípio de Pascal e aplicações -

EXERCÍCIO 06

a) 2500 ºC
b) 4532 ºF

Idea Ambos se resolve pela equação que relaciona as duas escalas

EXERCÍCIO 07 -------------- C = F = -40º

Idea Aplicar novamente a equação que relaciona ambas as escalas substituindo ambas as temperaturas por X uma vez que são iguais e desconhecidas.

EXERCÍCIO 08 -------------- c= 160ºC e F = 320ºF

Idea Outra vez usar a relação entre as duas escalas agora representando as temperaturas por X e 2X já que uma é o dobro da outra.

EXERCÍCIO 09 --------------X = 100ºX

EXERCÍCIO 10 --------------X= 380 ºX

EXERCÍCIO 11 -------------- K = 313 K

EXERCÍCIO 12 ----------- a) X = -150 b) X = 350

Idea Daqui até o final desta atividade todas as qusões apresentam gráficos e todas podem ser resolvidas tomando-se esta como exemplo. Para tal siga as intruções: Há dois camihos a serem seguidos.

Primeiro Caminho: Por Função

Veja que todos os gráficos correspondem à funções lineres: do tipo f(x) = ax + b e pelo menos dois pontos pertencentes a cada gráfico são cohecidos. Então mãos à obra:

Neste caso nós temos os pontos (50, 100) e (30, 0), lembre-se que em pares ordenados a sequência é sempre (x, y), apesar de que no caso em questão ºX esteja no eixo y esta ordem não se altera.

1º PASSO - ESCREVER A FUNÇÃO QUE RELACIONA AS DUAS ESCALAS

Se: os pontos (50, 100) e (30,0) pertencem ao gráfico desta função é possível escrevê-la e a pertir dela calcular o que se pede em b. vamos então substituir os pontos dados no esquema básico de funções do 1º grau f(x) = ax + b, sabendo que f(x) = y, temos.

pelo primeiro ponto --------- 100 = a.50 + b, ou seja:-----50a + b = 100

Pelo segundo ponto ---------- 0 = a. 30 + b, ou seja:-----30a + b = 0

Multiplicando a primeira equação por (-1) e formando um sistema temos:

50a + b = 100
-30a - b = 0

Resolvendo o sistema pelo método da soma, vem:


20a = 100 -------------a = 5

se: 50a + b = 100

50 . 5 + b = 100

250 + b = 100

b = 100 - 250 ----- b= - 150

agora que temos a e b, voltamos a equação original f(x) = ax + b e escrevemos:

y = 5X + (-150)----------- como no eixo y temos ºX e no eixo x ºC, substituimos:

ºX = 5(ºC) - 150


2º PASSO - RESOLVER AS QUESTÕES A E B

RESOLVENDO A

BASTA SUBSTITUIR 0, TEMPERATURA DE FUSÃO DO GELO EM ºC E CALCULAR.

RESOLVENDO B, BASTA SUBSTITUIR 100, TEMPERATURA DE EBULIÇÃO DA ÁGUA EM ºC E CALCULAR.

SEGUDO CAMINHO - PELO ESQUEMA GRÁFICO

formar aquele esquema que eu expliquei na sala. (Aqui não dá para colocar os traços, mas vamos tentar entender:
100--------50

X---------C

0---------30

resolvendo fica:

X-0 = C - 30
______ _______

100-0 50 -30


Daí para frente vocês sabem como resolver

Após a resolução vocês chegarão à X = 5C - 150, que a mesma relação encontrada pelo outro caminho.
Daí para frente o caminho é mesmo: calcular os itens "a" e "b" substituindo os devidos cvalores em C.

EXERCÍCIO 13 --------------B = 300ºB

EXERCÍCIO 14 -------------- X = 80ºX

Idea Aqui tem uma pequena diferença no meio em vez de ºY e ºX vai 0 (zero) e X

EXERCÍCIO 15 -------------- X = 12ºX ---- C = 12ºC

#####################################################################################

ATIVIDADE 18 -


EXERCÍCIO 03

a) 50 cal
b) 800 Cal
c) 1000 Cal
d) 5400 Cal
e) 100 Cal
f) 7350 Cal
g) Gráfico

Idea Da letra a até f basta seguir a sequência dos exercícios indicada em cada enunciado, veja com cuidado onde se trta de calor latente e onde se trata de calor sensível, aplique direitinho a fórmula adequada e boa sorte.
na letra g é para construir o gráfico da mudança de fase, é só seguir o modelo da paostila.


EXERCÍCIO 04

a) 58 cal/g
b) 15 cal/ºC
c) 3,33 Cal/ºC
d) 0,3 Cal/gºC
e) 0,066 cal/gºC

Idea Recorra aos conceitos de calor sensível, calor latente, calor específico e Capacidade térmica. Você usará, não necessáriamente nesta ordem as seguintes fórmulas: C = m.c, C = Q / 0 - 00,
Q = m.l. divirta-se. è tentando que se consegue fazer, e é fazendo que se consegue aprender.


EXERCÍCIO 05 -------------m(gelo) = m20 g


Idea Considere:

i) O que deve ocorrer com a massa de água? Que quantidade (Q) de calor é necessária para que isso ocorra? Veja o tipo de calor, aplique a fórmula correta e comemore.

ii) O que deve ocorrer co o gelo? (São dois processos) Que quantidade Q de calor é necessária para cada um e os dois processos ocorram?.


iii) Considere por fim que o sistema é térmicamente isolado. Logo: Q1 + Q2 + Q3 = 0

Tenho 99% de certeza que você vai conseguir. Mas caso depois de várias tentativas você não coseguir, conte comigo.


EXERCÍCIO 06-------------- 30g


:Considere:

i) A massa total dos três ovos, seu calor específico e sua temperatura inicial ed 100ºC, uma vez que ficaram longamente em água fervente.

ii) Considere que o gelo etá fundente e portanto sua temperatura inicial é 0ºC, considere também que ele derreterá a 0ºC e só depois a água à zero grau será aquecida até os 40ºC desejados.

iii) Considere ppor fim que o isopor é adiabático e portanto:
Q(derretimento do gelo) + Q(Aquecimento da água) + Q(resfriamento dos ovos) = 0

.


EXERCÍCIO 08 -------------m(gelo) = F = 10 g

Idea F = Q / t

[size=18]OBS. As questões 09, 10, 11, 12 versam sobre um tema que eu ainda não expliqui, portanto vocês estão dispensados. Fica para o terceiro bimestre.[/size]































Última edição por Prof.Brandão em Qua 29 Jun 2011, 16:21, editado 14 vez(es)

Ver perfil do usuário
Dúvidas aqui

Ver perfil do usuário
Manoel, estou em dúvida nas questões 7 e 8 da atividade 10. É pra mim inventar algum valor pra tentar achar a resposta que está pedindo?

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum