Colégio Horizonte

Este fórum foi criado com o intuito de ajudar os alunos durante o ano letivo.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

FÍSICA 3° ANO - LISTA I 4° BIMESTRE

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 FÍSICA 3° ANO - LISTA I 4° BIMESTRE em Seg 18 Out 2010, 17:37

PREZADOS ALUNOS,

SEGUE ABAIXO ALGUMAS DICAS SOBRE A PRIMEIRA LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA DESTE BIMESTRE. POR FAVOR SIGAM AS ORIENTAÇÕES ABAIXO.
Total de Exercícios -
OBS I - Todos os enunciados devem ser copiados ou xerocados e colados com suas respctivas respostas logo em seguida. Copiar o enunciado não é somente uma puniçaõ pelo ato de irresponsabilidade de FALTA COLETIVA, mas acima de tudo visa fazer com que vocês possam internalizarem melhor os enunciados das questões de modo que ao encontrarem questões similares tenham mais facilidade de reconhecê-las e consequentemente de resolvê-las.

OBS II - O símbolo ^ (acento circunfléxo) representa aqui elavado à. por exemplo 3² é o mesmo que 3 ^2 e 5³ = 5 ^3. a letra M será usada para representar a letra grega Mi cuja a grafia minúscula vocês já conhecem e a grafia Maiúscula é exatamente igual ao M.

PÁGINA 5

1) - Fazer a diferenciação conforme comentamos em sala
2) - Anotar comentário feito em sala de aula
3) - b ( Q = C. U)
4) Q = C.U ------ Q = 8.10 ^-10
E = (Q . U) /2 ---------------------- E = 4 . 10^ -8
5) - repetir o mesmo processo da questão anterior --- U = 300 V ----- U = 4,5 . 10 ^-2

6) - Q = C . U ------------------ Q = 8, 85 . 10 ^-10 C

7)
a) Seguir o exemplo do 6 ----------------- Q = 0,238 C
b)-E = (C.U²)/2 ---------------------------E = 20,23 J

PÁGINAS 6 e 7

1) - DISPENSADA
2) - Encontre no texto da apostila a(s) fórmula(s) que envolve(m) todas as grndezas citadas na questão e procexdendio uma análise da mesma justifique cada uma das afirmativas, dizendo porque são corretas ou incorretas.

3) - siga a mesma recomendação dada para a qustão anterior

4) E = (C . U²) / 2 como C = (E . A)/d e ainda sendo Energia armazenda no caso deste exercício ( veja o enunciado ) W1 e W2, podemos escrever W = (E.A.U²)/2d substitua nesta fórmula os dados para os dois capacitores, já que esté sendo feita uma comparação eliminamos/ cancelamos tudo o que houver de igual em ambos W1 e W2 e assim encontraremos a resposta.
5) - Primeiramente se calcula a U sendo ele o DDP, logo se sabe que trata-se de U1 - U0 fazendo os cálcuklos chegamos à ---------------- U = 2 V, aplicando-se Q = C.U ---------Chegamos à Q = 2CV

6) Seguir orientações acerca das questões 2 e 3 desta página.

7) C = (E.A)/d ----------------- d = 2.10^-2 m

Cool Dispensado

9) - Dispensado

PÁGINAS 9 E 10

1) - Resolvido em Sala (incluir no trabalho)
2) -
a) Cp= C1 + C2 + C3 .... -------------------- 10 MF
b) Q1 = C1 . U ------------------------------ 240 MF
Q2 = C2 . U ------------------------------ 360 MF

3) _ Resolvido em sala (incluir no trabalho)

4) - Não há fórmula a ser aplicada ou analisada, trata-se de pura teoria e lógica, lembre-se que capacitores armazenam energia e o contato entre eles segue as regras de partículas elétricas colocadas em contato. No primeiro bimestre estudamos as tres formas de eletrização de particulas. Ainda a esse respeito é bom fazer uma analogia com a termometria. No estudo de termometria dentro da Termologia fala-se que dois corpos de temperaturas diferentes se colocados em contato, entram em equilíbrio térmico, uma vez que o detentor de maior temperatura cederá calor para o de menor.

5 - Dois itens aí são corretos, para encontrá-los leia o que foi grifado na página 8

6 - Dispensada (faremos em sala oportunamente)

7- Foram oferecidas dicas em sala de aula no dia 18 / 10 / 2010

Cool- Faremos em sala antes da data da entrega (incluir no Trabalho)

PÁGINAS 10 E 11

1)- Já resolvido em sala (Incluir no Trabalho)
2)- E = (C. U²)/2 ------------------ E = 1 mJ
3) - Seguir o exemplo do 2---------------6 J
4) - Já resolvido em Sala (Incluir no Trabalho)
5) - Se observarmos os dados do problema, temos apenas:
C = 1.10^-9 (veja que trata-se do nanoFaraday
para aplicar E=(C.U²)/2 falta-nos "U". Veja no esquema gráfico da questão que na posição em que deveriamos encontrar U, se enconra epsilon a letra grega que representa a força eletromotriz que nestde caso será igual a U = DDP. Considerando a chave igada em X, sabemos (de acordo com o enunciado) que a intensidade da corrente é igual 0,4A podemos então escrever

U
i= ________

R + r


que resolvendo chega-se à U = 3V

aplicando em seguida (E = C.U²)/2 ------------- E = 4,5 . 10 ^-9J ou seja 4,5 nJ

6) Primeiramwente calculamos o ReS = 500 ohms,






Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum